segunda-feira, 10 de maio de 2010

À alguém...

Pobre coração que não bate, só apanha.
Tantas vezes remendado, inúmeras despedaçado,
Apenas a esperança me mantém viva, só a fé em algo tenta me fazer ficar bem.
Um dia, quem sabe, as dúvidas irão embora, terei certezas...


Estou só, tenho apenas você e cinco amigos;
Não confio em ninguém, só em você...
Só em você...
Não me deixe aqui, por favor.


Uma vez me disseram que Deus conta as nossas lágrimas
Ele deve ter perdido as contas das minhas.
Nas minhas incertezas, só concluí que:
Ao tentar me encontrar, eu te encontrei...
E, agora, eu me perdi e temo te perder.


Sou forte que nem um cavalo e frágil como uma borboleta...
Você, agora, tem outra pessoa e eu...
E eu estou só.


Entenda, o amor é um filme sem roteiro
Precisamos, apenas, atuar.
Se não gostarmos da cena, a mudamos...
The show must go on.


Sou a tua raposa, tu me cativastes
És responsável por mim...


Passei o dia de óculos escuros para esconder do mundo
Meus olhos vermelhos, minha maquiagem borrada, minha tristeza.
Mas, principalmente, para esconder meus olhos tristes de você.


Só queria te ter por um instante
Sentir teu perfume, teu toque...
Te roubar por uns míseros momentos...


"Hoje é o primeiro dia de nossas vidas e eu ainda espero por você..."


Estou no ritmo de "Fim do dia" do Reação em Cadeia
Escute e me entenda...

3 comentários:

FranckSalceBeck disse...

Eu me pego perguntando à mim mesmo algumas vezes como alguém que sofre tanto por amar pode ainda se expressar de uma maneira tão sublime,sinto meu coração oprimido pela distância e pela impotência de não haver meios de libertar uma alma tão bela dos próprios anseios e dúvidas. Apenas uma certeza me conforta ela é mais Forte do que tudo isso e tão certo quanto a luz da manhã ela se reerguerá, resplandecente como fênix feminina que é esta princesa de contos de fada...

Ela é APENAS uma Menina. disse...

Entendo muito bem disso :S
Enquanto ao meu coração só me resta dizer: "Socorro alguém me de um coração que este já não bate nem apanha" hahaha

Emily disse...

Gostei muito do seu blog. Parabéns pela intensidade.

Postar um comentário

Fale, quero ouvir a sua voz também.

 
;