sexta-feira, 18 de junho de 2010

Porque você não desiste?

Desistir... Palavrinha pequena mas com tanto significado, desistir. É uma pergunta que sempre me faço, porque eu não desisto dele e sigo minha vida? Porque eu não olho pra ele e digo: Ou vai ou racha?


Mas acho que não desisti dele por esperar que ele me note, apesar de sentir que ele me nota, e de esperar um milagre. Na verdade não desisto por um simples motivo: Eu gosto e me sinto bem com ele. Sim, isso é complicado para mim, pois, não sou de me sentir bem com todos.
Se me sinto bem com alguém, eu agarro a oportunidade com unhas e dentes e espero que a pessoa não me decepcione ou mude o clima assim como aconteceu entre eu e M (meu ex-namorado). Eu me sentia bem com ele, mas hoje não posso nem ouvir falar no nome pois fico com raiva e me sentindo mal.


Já fui aconselhada tantas vezes a desistir, até pelo meu irmão fui aconselhada, uns já disseram que ele passou mais de 10 vezes na fila enquanto outras pessoas que querem passar não podem. Whatever, pois eu sempre dei espaço para outras, certo, obviamente eu não me esqueço dele... 


Pra mim é muito cedo para dizer que eu o amo, amor se vem com convivência, admiração e respeito. Sim, eu sinto algo muito forte por ele que me impede de desistir, esse sentimento é mais que gostar e menos de amar... Não sei o que é ainda ao certo.
Não, acho que não irei desistir, a menos que algo ou alguém apareça/aconteça e mexa com a minha cabeça.

2 comentários:

FranckSalceBeck disse...

Já te passou pela cabeça que o amor platônico é perfeito por que não pode ser traído pela realidade, você mantém a idealização e tudo fica muito confortável? Já me senti assim, e tive muitas relações platônicas que só acabaram com um vigoroso chacoalhão que só a vida sabe dar...

Emily disse...

Sou suspeita pra falar sobre desistir, porque sofri muito, passei coisas muito complicadas ( como vc sabe) mas não desisti, porque simplesmente eu o amava.Então não te aconselho a desistir amiga, mas a ter coragem e falar o que vc sente na cara dele. Beijo.

Postar um comentário

Fale, quero ouvir a sua voz também.

 
;